Criatividade infantil: como estimular as crianças

29 de novembro de 2019 0 Por Gabriel Bertella
Compartilhe por aí!
Tempo de leitura: 7 minutos

Estimular a criatividade infantil é extremamente benéfico para o desenvolvimento da criança.

Afinal, todos nós queremos que nossos pequeninos cresçam com características como:

Ter a capacidade de resolver problemas, ter inteligência emocional e racional, ter autoconfiança, aprender com os erros, encontrar vocações e, obviamente, ter uma infância divertida.

Neste artigo vou dar algumas dicas para desenvolver a criatividade nas crianças a partir de passos simples. Você pode aplicá-los todos os dias!

Permita que a criança seja livre

Quando a criança fazer algo relacionado à criatividade, deixe que ela mesma assuma o controle.

Você deve sempre educá-la da melhor forma possível nas demais áreas, ensinando o certo e o errado. Porém, quanto à criatividade, evite ditar regras.

Deixe ela escolher as cores, os nomes das brincadeiras e como ela vai fazer a atividade.

Você pode até dar alguns conselhos, mas permita que a própria criança tenha seus próprios pensamentos e que desenvolva suas próprias ideias.

Ideias malucas não devem ser reprimidas, nem mesmo na maturidade!

A imaginação não deve ter limites e o mundo é dos sonhadores. Portanto, não crie barreiras.

Se você notar que a criança possui um interesse gigante por alguma atividade criativa, como a música, o teatro ou desenho, você pode inscrevê-la em um curso, por exemplo. Mas apenas se ela quiser!

criatividade infantil

Faça perguntas e desenvolva a curiosidade

Deve-se ter liberdade na criatividade infantil. No entanto, você, como educador ou pai, pode incentivá-la ainda mais.

É na infância que começamos a aprender como o mundo funciona. Então, é normal que a criança comece a fazer perguntas.

Por exemplo: Por que as estrelas não caem do céu? Por que existe chuva? Por que o inverno é gelado?

Você mesmo pode não ter as respostas científicas, mas ao invés de responder com “Não sei” ou “Porque sim”, use sua criatividade. “Eu acho que alguém grudou as estrelas lá no céu”. “Os passarinhos jogam água porque eles acham que a gente precisa de um banho”. “O inverno é gelado porque o sol fica gripado que nem a gente”.

É importante deixar que essas respostas criativas causem interesse na criança. Seria legal também perguntar para outros adultos ou crianças qual seria a resposta.

Com o tempo, a criança vai aprender a resposta correta, mas a imaginação dela estará bem desenvolvida.

E se você tiver oportunidade, faça esse tipo de pergunta para ela. Deixe que ela imagine a resposta.

Faça passeios divertidos

Para aumentar a criatividade, é preciso de conhecimento.

E o conhecimento não vem apenas da escola, e sim das experiências que vivenciamos.

O mundo moderno proporciona que as crianças podem ficar o dia inteiro com tablets e smartphones. É preciso entender que estamos numa nova era e elas serão facilmente cativadas pela tecnologia.

Isso não significa que você deve deixar a tecnologia substituir o bom e velho passeio. Leve a criança para lugares diferentes, como um parque de diversões, uma pracinha, uma praia, um museu ou até mesmo um shopping com atividades infantis.

Deixe com que ela brinque, interaja com outras crianças e saia um pouquinho da sua zona de conforto. É um momento lúdico que irá ajudar a desenvolver habilidades sociais e o intelecto dos pequeninos.

Incentive o desenho

O desenho é uma atividade excelente para a criança, por isso ela é incentivada desde cedo a desenhar na escola.

Ele tem uma série de benefícios. Estimula a autoestima/autoconfiança, a imaginação, o meio como ela enxerga o mundo, o senso crítico e a criatividade.

Então, deixe a criança explorar o desenho livremente. Não reprima a criança se ela usou cores diferentes para pintar sua representação ou se fez uma cabeça desproporcional em um personagem. Lembre-se que a arte vai muito além da representação fiel da realidade: ela expressa emoção, sentimento, a própria visão do artista.

Qualquer desenho feito por uma criança abre espaço para que você converse com ela. Não deixe de dialogar, entenda o processo criativo por trás do desenho e incentive-o.

Leia livros

A leitura é essencial para estimular a criatividade infantil, porque ela desperta a imaginação.

Reserve um momento do seu dia para contar histórias quando a criança ainda não tiver idade para ler. Quando ela tiver aprendendo, sente com ela para ler junto e ajudá-la.

Os livros infantis proporcionam momentos de descontração e dão conselhos valiosos para o desenvolvimento infantil. Você mesmo pode usar sua criatividade na hora de ler e incentivar a criança. Faça as vozes dos personagens, vista uma fantasia!

Se você tiver a oportunidade de contar uma história para a criança, conte! É muito benéfico fazer com que a mesma imagine a situação dentro de sua mente.

Crie uma peça de teatro!

O teatro é uma ótima atividade para a criança se expressar.

Motiva o pensamento, estimula a concentração e imaginação, elimina a timidez, ensina a controlar emoções e a trabalhar em grupo e o mais divertido: permite que as crianças vivenciem – nem que seja por um breve momento – o mundo mágico da fantasia.

Então, a dica é montar uma peça de teatro para ser apresentada na escola ou até mesmo numa festa de aniversário. Não exija profissionalismo aqui: a prioridade é a diversão das crianças.

Quem sabe ela mesma tome iniciativa para fazer seu próprio teatro? E você pode muito bem ajudar, a partir do item a seguir:

Monte alguma coisa!

Incentive o pequenino a montar alguma coisa artesanal. Dê a ele objetos como papel, tecidos, papelão, argila, massinhas de modelar e qualquer outra coisa que não a machuque.

A criatividade não tem limites, então você pode ajudá-la a criar fantasias, brinquedos e até mesmo um porta retrato. Vai estimular a criança a trabalhar com tarefas manuais e ficar um tempinho longe dos desenhos animados.

Deixe a criança fazer brincadeiras diferentes

Os brinquedos proporcionam alegria e descontração, além de renderem várias brincadeiras.

As crianças podem criar historinhas para brincar e isso é muito divertido!

Além disso, brincadeiras e jogos ao ar livre são ótimas oportunidades para estimular a criatividade. Ao invés do pega-pega clássico, por que não inventar algo diferente?

Ela pode criar as próprias regras, afinal, o que mais importa é a diversão!

Brinque de mestre-cuca

Um dos melhores lugares para inventar coisas é na cozinha.

Pense: ao cozinhar todo mundo da família pode sair beneficiado. Afinal de contas, quem não adora uma boa refeição?

Ao invés de deixar a tarefa de cozinhar ser monótona e desinteressante, por que não chamar as crianças?

Além de elas poderem ajudar a fazer aquela receita achada na internet, elas podem desenvolver a criatividade ao fazer decorações e misturar ingredientes, criando receitas completamente novas.

É claro que nem todas as receitas dão certo, mas como tudo na vida, devemos aprender que as vezes as coisas dão errado.

E a experiência de resolver problemas faz parte da vida.

Resolva um problema

Como falei num artigo anterior, usamos a nossa criatividade originalmente para resolver um problema.

Ao resolvermos problemas, passaremos por um processo criativo para ter ideias. E a vida inteira se trata de problemas que devem ser resolvidos!

Portanto, é fundamental que a criança aprenda com erros e problemas que ocasionalmente surgirão.

Quando acontecer algum problema que possa envolver a criança de alguma forma, deixe ela dar suas ideias.

Pode ser que não haja a solução, porém ela pode muito bem usar a imaginação. O método do E se..? é ótimo neste caso.

Deixe ela fazer bagunça

Vimos acima que a criatividade infantil pode ser estimulada de várias formas educativas.

Só que agora darei uma dica incrível que vai fazer a criança se divertir fazendo uma bagunça controlada.

É claro que não é legal ela deixar destruir a casa ou fazer alguma traquinagem que toda a criança faz.

É simplesmente dar liberdade para ela fazer alguma coisa para gastar energia, como por exemplo, brincar com tintas sem se importar em manchar as roupas, fazer um barulho estrondoso com latas ou molhar todo mundo na piscina.

Sabemos que quando se trata de bagunça as crianças são muito criativas, então deixe ela acabar com sua paz (desde que não tragam um prejuízo tão grande).

Para desenvolver a criatividade infantil você pode:

  • Deixe a criança ser livre criativamente, evitando corrigi-la.
  • Ideias malucas são bem-vindas, não há limites para a imaginação.
  • Faça e deixe ela fazer perguntas; instigue a curiosidade.
  • Faça passeios em lugares diferentes.
  • Incentive a prática do desenho.
  • Leia livros e conte histórias para desenvolver a imaginação.
  • Crie uma peça de teatro, só por diversão!
  • Monte alguma coisa!
  • Quanto mais criativa a brincadeira, melhor! Regras podem ser mudadas.
  • Cozinhe, crie uma receita maluca com a criança.
  • Deixe a criança dar ideias para resolver problemas.
  • Uma bagunça controlada não faz mal a ninguém, além de ser extremamente divertida!

Viu como é divertido?

Se você ou a criança/adolescente precisa dar uma desenvolvida grandiosa na criatividade, não deixe de conhecer o Criatividade Para a Vida, clicando aqui.

Se você tem mais alguma dica, não deixe de participar nos comentários. Assine nossas notificações no botão direito para não perder os próximos artigos sobre criatividade infantil e geral do Bolha Criativa.

Curta nossa página do Facebook, lá também tem muitas dicas importantes.