5 filmes de terror com ideias criativas

13 de fevereiro de 2019 0 Por Bolha Criativa
Compartilhe por aí!
Tempo de leitura: 5 minutos

Aqui no Bolha Criativa já fizemos um post contendo os clichês dos filmes de terror. Provavelmente você os encontrará nos filmes a seguir e talvez nem dá para considerar que são os melhores do gênero – apesar de ter filmes muito bons, por sinal.

No entanto, não há como negar que por mais que as ideias em alguns desses filmes não são executadas como merecem, ainda existe criatividade e inovação por trás delas.

Vamos para a nossa lista de filmes de terror criativos feita exclusivamente para aqueles que gostam de tomar uns bons sustos e se divertir com eles. Para os que tem medo… bem… é melhor passar longe – ou pelo menos simplesmente ler o artigo!

A Hora do Pesadelo

A Hora do Pesadelo

Vamos começar com uma das franquias mais clássicas de terror. Michael Myers e Leatherface podem ter popularizado a ideia do assassino que persegue suas vítimas, matando uma por uma. Mas A Hora do Pesadelo se destaca pela particularidade de seu assassino: Freddy Krueger e seu controle dos sonhos.

Você pode passar um pesadelo terrível no acampamento com Jason atrás, mas se você sobreviver a fatídica Sexta-feira 13, provavelmente ficará livre por um bom tempo. No caso do Freddy, ele ataca os próprios pesadelos, o que torna a vítima ainda mais vulnerável. Uma hora você precisa dormir e Freddy estará esperando.

Além dessa forma inovadora de fisgar suas vítimas, a franquia é criativa por ter uma fantasia por trás dos pesadelos e suas respectivas mortes, o que a torna um diferencial dos demais slashers (filmes de terror de assassinos).

Pânico

Pânico

Numa noite qualquer, seu telefone começa a tocar. Você atende e uma voz misteriosa começa a fazer perguntas sobre filmes de terror. A conversa fica cada vez mais estranha e você percebe que alguém está o perseguindo. Uma hora ou outra você irá encontrar um louco fantasiado querendo te matar a facadas sem motivo aparente. Ou será que tem?

Após a saturação dos filmes slashers, clássicos Pânico foi lançado e causou um alívio e um frescor para o gênero. Continua sendo um filme sobre assassinos atrás de suas vítimas, mas o perigo aqui é bem mais assustador, porque o assassino é alguém de sua convivência, do seu círculo social. Em quem você pode confiar?

Além de ter um ótimo suspense e mistério com a pergunta de “Quem é o assassino?”, Pânico brinca com os clichês do gênero de terror, fazendo referências a diversos filmes clássicos e uma metalinguagem sarcástica que diverte o espectador mesmo sendo um filme de terror.

E Sidney Prescott é uma ótima protagonista, assim como a repórter Gale e o policial Dewey… Tá aí um filme de terror que vale a pena torcer por eles…

Premonição

Premonição

Alex é um adolescente comum do Ensino Médio que numa viagem escolar tem uma visão premonitória. Nela, o garoto vê si próprio e os colegas morrerem no avião. Alex prontamente consegue salvar a si e seus colegas, mas a Morte não gosta de ser enganada e vai atrás dos sobreviventes.

Esse é o enredo do primeiro filme, mas a premissa é a mesma para todos os filmes da quintologia: o protagonista tem uma premonição que salva algumas pessoas de um acidente terrível, mas pouco tempo depois todos sobreviventes começam a morrer na ordem que deveriam ter morrido na premonição.

Premonição tem uma ideia criativa no sentido de trazer a própria Morte como antagonista, o que a torna bem mais assustadora do que qualquer outro vilão de filme de terror, afinal, ela está em toda parte. Com isso, o filme brinca ao trazer acidentes criativos (alguns exagerados a ponto de serem cômicos) e ao contrário dos outros filmes de terror, aqui sabemos que os personagens vão morrer em algum ponto e ficamos curiosos para saber como vão morrer.

Além disso, os filmes dão uma boa dica para aqueles que querem adivinhar: os sinais de uma futura morte, diálogos irônicos e situações cotidianas que se tornam perigosas a ponto de deixar os espectadores um pouco traumatizados na vida real simplesmente por andar na escada rolante do shopping ou andar de metrô.

Tem cinco filmes lançados e o próximo foi confirmado como um reboot da franquia. Sabemos o quanto a franquia está desgastada,mas seria bem interessante que um filme próximo se passasse numa época mais antiga… Seria uma ideia bem criativa!

O Chamado

O Chamado

Se em Premonição você pode morrer a qualquer momento, em O Chamado você tem sete dias para descobrir como evitar sua própria morte.

A ideia de O Chamado até parece uma daquelas correntes da internet: você vê um vídeo em VHS aparentemente comum e em seguida seu telefone toca. É a famosa Samara, dizendo a você que tem apenas sete dias de vida.

A princípio você pode até pensar O Chamado é contará que Samara irá sair matando todo mundo que atravessar seu caminho, mas na realidade trata-se de uma história de mistério que deve ser desvendada em apenas uma semana, ainda mais sabendo que seu filho também assistiu a fita e corre perigo. No fim, se torna um grande suspense e uma história fantástica e assustadora!

Um Lugar Silencioso

Um Lugar Silencioso

Filmes de zumbis existem aos montes, mas criaturas que te matam se você fizer barulho é uma novidade no mínimo intrigante.

Todo cuidado é pouco no universo de Um Lugar Silencioso e qualquer barulho pode causar a morte de alguém. Isso, é claro, limitará e muito a vida de qualquer ser-humano, já que será difícil fazer algumas atividades totalmente em silêncio – como atirar na cara de um monstro para proteger sua família!

E aí? Tem mais algum filme que você acha que tem ideias criativas? Sei que existem um monte e talvez até podemos fazer uma parte 2. Fala aí nos comentários qual ideia é mais criativa e não deixe de acompanhar o Bolha Criativa para mais séries como esta!