O poder da criatividade na concorrência

25 de fevereiro de 2019 0 Por Bolha Criativa
Tempo de leitura: 2 minutos

Seja qual for o tipo do seu trabalho, você encontrará algum concorrente. Alguém que tenha o mesmo público alvo que você ou alguém que está disputando com você pelo mesmo espaço.

Nós vemos isso no cinema, nas grandes corporações empresariais e até mesmo no mercado de trabalho. A concorrência é um dos motores que alimentam a criatividade e essa é a melhor parte.

Imagine que uma empresa cria um produto único no mercado. Com isso, ela se torna a única que produz esse produto. Com o passar dos anos, ela continua vendendo aquele produto sem ter nenhuma concorrência. Consequentemente, o produto cai na mesmice e a empresa fica acomodada: não há motivos para se reinventar ou melhorar o que ela vende: o público já está satisfeito porque não tem ideia que aquele produto poderia ser bem melhor.

Agora imagine essa situação na história da modernidade. E se não tivessem criado outro formato de mídia depois do VHS? Ou que continuaríamos usando telefones sem internet até hoje… Como dá para perceber, a concorrência deve existir para que haja inovação.

Empresas de tecnologia sempre tentam dar o seu melhor para conquistar o público, cada uma contribuindo com algo diferente e inovador que as diferencie uma da outra. Estúdios de cinema buscam criar novas formas de entretenimento, novas franquias… Artistas em geral, lojas de departamentos, canais de televisão… Todos em busca de novas ideias para se destacarem no ramo.

E quem ganha com isso somos nós, é claro. A maioria das coisas novas que surge a cada dia é fruto desta “guerra” da concorrência que apenas nos beneficia. É comum vermos pessoas defendendo marcas com unhas e dentes e desprezando outras, assim como fãs da DC ou da Marvel discutindo por causa do cinema. Mas muitas vezes a discussão não faz o menor sentido: você pode muito bem apreciar o melhor de cada uma.

E como diz a frase “Nada se cria, tudo se copia“, vemos a cada dia as mesmas ideias, com propostas diferentes. E a criatividade não é só apenas sobre inventar a roda. Também é reinventar, algo que a concorrência sempre fez muito bem.

Que vença o melhor!

Gostou? Deixe sua opinião nos comentários e acompanhe o Bolha Criativa para mais artigos como este.

Compartilhe por aí!
error