Lista: mais 05 séries criativas da Netflix

29 de abril de 2019 0 Por Bolha Criativa
Tempo de leitura: 5 minutos

Anteriormente aqui no Bolha Criativa já fizemos uma lista indicando cinco séries criativas para você assistir na Netflix. Sabendo que a criatividade rola a solta por lá, voltamos com mais cinco indicações.

Então, prepare a pipoca e as bebidas para maratonar e mandar para longe o bloqueio criativo com novas inspirações.

A Maldição da Residência Hill

1 – A Maldição da Residência Hill

Poderíamos definir A Maldição da Residência Hill como uma série de terror, mas ao decorrer dos episódios você verá que ela é muito mais do que isso. A série conta a história dos irmãos Crain, já adultos após viverem uma experiência traumática na infância na mansão dos Hill.

Ao acabar de assistir um filme de terror, talvez nunca nos perguntaríamos como os personagens sobreviventes se sentiriam após a matança (ou as assombrações) terminarem. Algumas pessoas jamais conseguiriam lidar com o trauma, outras criariam suas próprias mentiras para confortá-las, outras tentariam esquecer. E é exatamente disso que a série se trata, muito mais do que sustos.

Acompanhamos a infância e as consequências da vida dos Crain e no final nos perguntamos qual é o maior terror de suas vidas… Seriam as assombrações ou eles mesmos? Com diálogos primorosos e parte técnica impecável (vide o episódio gravado sem cortes), A Maldição da Residência Hill é um prato cheio para amantes de terror e melhor ainda para quem deseja refletir sobre nossas relações humanas.

3%

2 – 3%

A primeira série brasileira da Netflix está aqui por conta de sua criatividade. Claro que grande parte da inspiração vem da própria websérie que a originou.

A série se passa em um mundo distópico após uma desconhecida guerra (ou evento catastrófico) onde a maior parte territorial e mais pobre se chama Continente, enquanto o outro lado, onde supostamente existe a riqueza e a esperança se chama Maralto. Todos os jovens do Continente ao completarem vinte anos de idade têm o direito de uma única vez na vida de participar do Processo, que consiste em uma série de provas que se forem concluídas darão ao candidato a chance de viver do bom e do melhor do Outro Lado, no Maralto.

O problema é que apenas 3% dos milhares de candidatos conseguem passar no Processo, então é de se esperar que tudo é mais difícil do que parece. Injustiças, trapaças, mentiras e uma grande resistência ao Maralto marcam a presença ao decorrer da história.

3% pode afastar muito os brasileiros mais acostumados com séries americanas. É possível notar o esforço da série para se distanciar das atuações parecidas com uma novela brasileira, mas é um detalhe recorrente na primeira temporada. Entretanto, a série faz muito mais sucesso no exterior do que no próprio país de origem e não dá para negar que a criatividade da série é muito boa.

O Mundo Sombrio de Sabrina

3 – O Mundo Sombrio de Sabrina

A série é baseada nos quadrinhos mais dark da Archie Comics, portanto é melhor esquecer a série adolescente de Sabrina e seu gato sarcástico (que convenhamos, era o dono da série).

Sabrina Spellman é uma garota meio bruxa e meia mortal que aos 16 anos terá que escolher entre o mundo mortal onde suas amigas e seu namorado Harvey existem e o mundo mágico onde grandes desafios a esperam. Afinal, se aceitar o lado mágico assinará o Livro da Besta e sua relação com os pobres mortais será afetada.

Já vimos muitas histórias atualmente sobre bruxos ou adolescentes que conhecem uma outra forma de vida e devem encontrar o equilíbrio entre mundos, mas é difícil não se divertir com as profanidades da mitologia de Sabrina. As bruxas seguem a Igreja da Noite e oram pelo Senhor das Trevas, o próprio Satã. Talvez a série afaste os cristãos a ponto de ser insultante, no entanto, caso considere que de fato é uma ficção e um produto do entretenimento, verá a crítica imposta à religiões e fanáticos e também contra o fascismo e o machismo, temas tão importantes no mundo atual.

A outra série da Sabrina era engraçada e o Salém falava, mas essa aqui vai do lado contrário e faz belas homenagens ao terror. O Mundo Sombrio de Sabrina é profano (no bom sentido), assustadora e com ótimas críticas sociais.

The Umbrella Academy

4 – The Umbrella Academy

Baseado nos quadrinhos escritos por Gerald Way e ilustrados pelo brasileiro Gabriel Bá, The Umbrella Academy gira em torno de sete irmãos adotivos que nasceram no mesmo dia de mães ao redor do mundo que aparentemente não estavam grávidas. É claro que esse evento imprevisível rendeu para eles poderes especiais, ou pelo menos para seis deles.

Afinal, Vanya Hargreeves, a Número Sete não possui poderes e sempre foi a mais isolada do grupo de irmãos treinados pelo Sr. Hargreeves a se tornarem heróis conhecidos. Após a morte do pai adotivo, anos depois da fama, os irmãos restantes voltam a se reencontrar e deverão resolver seus problemas familiares enquanto desvendam a misteriosa morte do pai e é, claro, salvar o mundo de uma ameça grandiosa.

Rodeada de mistérios e personagens fascinantes com grande potencial, The Umbrella Academy é uma ótima e criativa série para aqueles que querem algo diferente da DC e da Marvel na televisão.

Love, Death + Robots

5 – Love, Death + Robots

Love, Death + Robots é uma série de antologia, assim como Black Mirror. Cada episódio conta uma história diferente que não possui ordem para ser assistida. A diferença é que esta série é de animação e cada episódio possui um estilo de animação diferente. Realista com captura de movimentos de atores reais, mais cartunizados como os filmes da Pixar ou os desenhos em 2D tradicionais.

Tendo durações entre seis minutos e vinte, cada história (algumas bastante criativas) possui algum dos três elementos, as vezes juntos. Histórias de amor, morte e robôs. Trata-se de uma série para adultos, com nudez, palavrões e bastante violência gráfica, então tirem as crianças da sala e aproveite!

Caso contrário, se deseja uma animação mais leve, não deixe de ver nossa lista de séries de animação criativa.

E isso aí! Já assistiu alguma série da lista, quais são suas opiniões? E tem mais alguma série que você colocaria para uma parte 3? Diga aí nos comentários!

Compartilhe por aí!
error