Lista: 05 séries de animação criativas

20 de fevereiro de 2019 0 Por Bolha Criativa
Tempo de leitura: 5 minutos

Aqui no Bolha Criativa já fizemos uma lista indicando 5 séries da Netflix com ideias criativas. Nesta, vamos honrar os animadores e amantes de animação com essas cinco séries para o público infantil que são recheadas de ideias boas que podem ser apreciadas por qualquer adulto com a mesma sensação de diversão.

Vista sua camiseta de criança e vamos nos divertir com estas animações pra lá de criativas!

1 – Saúdem Todos o Rei Julien

Esta série do Netflix narra as aventuras do Rei Julien, Maurice e Mork antes dos acontecimentos do primeiro filme de Madagascar (sendo que o último episódio, para agraciar os fãs da franquia, é o início do primeiro filme!).

Mas até a chegada de Alex, Marty, Melman e Gloria, rei Julien teve que provar ser digno de ser o verdadeiro rei dos lêmures ao confrontar seu tio nada amigável, que lhe deu o poder acreditando numa profecia que dizia que as fossas iriam matar o rei. Dando a coroa para o sobrinho, o tio Julien esperava que o herdeiro ao trono morreria, mas no final a profecia não se realizou e Rei Julien agora deve governar Madasgascar, junto com a sabedoria do seu conselheiro Maurice, a inocência de Mork e da coragem de Clover, personagem inédita da série, assim como tantos outros.

Quem diria que Rei Julien renderia uma série premiada no Emmy? Pois é! A série é muito criativa ao abordar o reinado de Julien, sempre fazendo leis e regras malucas e criando inimigos estranhos e hilários. É difícil não se divertir com o episódio em que Julien “inventa o café” ou dia em que ele tenta implementar um sistema monetário em Madagascar.

Tudo isso funciona graças a personagens bem construídos e hilários. Conhecemos muito mais de Julien e Maurice durante a série, como também descobrimos que Mork é o lêmure mais velho do reino, portador de uma mutação esquisita e ainda sim o “o melhor designer gráfico” da ilha. Conhecemos também o hilário Ted, a repórter Titi (a televisão em Madagascar é muito criativa!), Horst e sua bebida inseparável, o “fofinho” Todd e sua mãe encorpada que luta pela fama do filho.

Repleto de críticas sociais para os adultos e a dublagem em português original dos filmes do trio de Madagascar, Saúdem Todos o Rei Julien é uma excelente série para fãs e futuros fãs da franquia Madagascar.

2 – Phineas & Ferb

Esta animação do Disney Channel acompanha dois irmãos que para aproveitar as férias sempre criam uma invenção criativa e gigantesca para aproveitarem o dia livre. Não existe personagens mais criativos e inventivos do que eles nesta lista do Bolha Criativa, pois sempre é dia de fazer algo novo!

Porém, muitas das invenções podem ser consideradas perigosas e a irmã adolescente deles, Candace, sempre procura dedurar os irmãos para a mãe, mas não importa o quão gigantesca e influente a invenção do dia seja, ela sempre desaparece por uma “força poderosa” quando a mãe vai vê-la.

Os espectadores, é claro, provavelmente sabem que essa força poderosa é sempre o resultado da luta de Perry, o ornitorrinco (todos os pets da vizinhança são agentes secretos) contra o malvado Dr. Heinz Doofenshmirtz, que sempre tem um plano para conquistar a área dos três estados. O carisma de Doofenshmirtz é enorme: você ainda torce por Perry, mas fica na curiosidade para ver o plano engraçado e criativo em prática.

Com diálogos inspirados e músicas divertidas, é difícil não se encantar com a história de Phineas & Ferb. Eles também possuem um filme fabuloso e um crossover com Star Wars, que casou muito bem! Vale a pena assistir.

3 – Caçadores de Trolls

Livremente inspirado em um livro de Guillermo Del Toro (e produzido por ele), esta série da Dreamworks e da Netflix acompanha as aventuras do humano Jim, que vira um caçador de trolls e agora deve proteger tanto os humanos quanto os trolls.

Com seus aliados humanos Bob e Clara e os amigos de pedra Blinky e Argh, Jim deve aprender a usar o poder de Merlin para derrotar o mal que reside na cidade de Arcadia, sem contar que pessoas próximas são, na realidade, os vilões que deve enfrentar.

Repleto de reviravoltas, feitiços, piadas e um tom mais maduro e sombrio nos episódios finais, Caçadores de Trolls é uma boa pedida para quem deseja uma série de aventura com boa dose de comédia e emoção.

4 – Gravity Falls – Um Verão de Mistérios

Os irmãos gêmeos Dipper e Mabel vão passar as férias de verão com seu tio-avô Stan em uma cidadezinha pacata e pequena do Oregon, chamada Gravity Falls. Ou pelo menos era isso que eles pensavam.

O tio-avô Stan é dono de um ponto turístico na cidade, que reúne uma coleção de itens mágicos e amaldiçoados, que na realidade não passa de uma farsa. No entanto, nada em Gravity Falls é o que parece.

Quando Dipper encontra um livro repleto de informações, descobre que na verdade Gravity Falls é cheia de mistérios e coisas estranhas e os dois irmãos partem para ajudar e explorar tudo que a cidade oferece.

Prepare-se para conhecer teorias da conspiração, sociedades secretas, colônias de de gnomos malvados, viajantes do tempo e um demônio tenebroso chamado Bill. Mas Dipper é medroso e corajoso como um herói deve ser e Mabel é otimista ao extremo, sua confiança é uma inspiração para todos.

A trama de Gravity Falls, embora inicialmente pareça simples, no final revela ser de uma complexidade muito bem elaborada, mais parecendo um grande filme de mistério do que uma série comum. Com boas doses sombrias que não se encontram em séries da Disney, é uma série extremamente criativa que vale sua atenção.

5 – Série Drama Total

A criatividade desta franquia é a seguinte: trata-se de um desenho animado que faz uma paródia de reality show e seus participantes loucos pela fama. Como a própria música diz: “Eu quero ser famoso!”.

Na primeira temporada, no Brasil chamado de Ilha dos Desafios, os participantes deverão enfrentar um reality inspirado em programas como o antigo “No Limite”, onde devem passar por uma série de tarefas em uma ilha. Divididos em dois grupos, o grupo perdedor da tarefa deve escolher alguém para ser eliminado.

Tudo isso é apresentado pela figura carismática e egocêntrica de Chris McLean, que possui um tom sádico a ponto de ser considerado um “vilão”, assim como seu fiel escudeiro Chef.

Tirando os dois, vamos acompanhar a trajetória de vários participantes, alguns participando ou não das temporadas seguintes, reunindo personalidades que parodiam sub-celebridades em busca de fama. O legal é que é tudo dinâmico: personagens que conseguiram ir para a final numa temporada podem muito bem serem eliminados na primeira rodada da próxima temporada.

Com temática musical e de cinema, as temporadas reúnem críticas à busca pela fama em geral em tom sarcástico e até mesmo repulsivo (vide tantos vômitos”), é uma série que para amantes de realities vai ser um prato cheio.

E é isso aí! Tem mais alguma dica de série criativa para fazermos uma terceira parte? Não deixe de participar nos comentários.

Compartilhe por aí!
error