Estimulando a criatividade em grupo

26 de dezembro de 2018 0 Por Bolha Criativa
Tempo de leitura: 3 minutos

Duas cabeças pensam melhor do que uma, inclusive na criatividade. Você pode ser a pessoa mais criativa do mundo, porém as vezes ficamos perdidos com tantas ideias ou com a ausência delas. Neste artigo, vamos explorar alguns meios de ter inspiração a partir do contato com outras pessoas.

Um dos meios mais eficientes é criar um brainstorm, ou no nosso bom português, uma “tempestade de ideias“. O primeiro passo é simplesmente reunir algumas pessoas com um objetivo específico: solucionar algum tipo de problema ou inventar alguma coisa nova. Podem ser duas, três, quatro ou muito mais, desde que se possa controlar na hora da discussão.

Hora de pensar

Cada um possui uma bagagem específica para explorar algum assunto, portanto, o próximo passo é anotar cada uma das ideias individuais. Não há necessidade de pensar por horas a fio até encontrar a solução ideal: simplesmente anote o que vier na sua cabeça, mesmo que sua ideia pareça impossível, engraçada ou infantil demais.

Pensar muito neste ponto pode causar um bloqueio criativo. Portanto, é importante definir um tempo máximo para que cada um trabalhe em suas ideias individuais. É bom também criar o máximo de ideias possíveis: afinal, é uma tempestade de ideias. Como dito antes, não se preocupe com a qualidade delas neste ponto.

KAABOOM!

Após todos estarem com suas munições de ideias preparadas, está na hora de colocá-las na mesa e discutir cada uma das ideias – ou você pode simplesmente começar por aqui e ir criando as ideias conforme são discutidas, a escolha é sua. Pode ser que o resultado da discussão seja hilário, mas é ótimo quando nos divertimos discutindo criativamente. Só não deixe com que a reunião se transforme num show de stand-up. É legal rir, mas estabeleça um objetivo claro de alcançar alguma coisa concreta nesta reunião.

Conforme a discussão progride, novas ideias surgirão, algumas se juntarão e o ciclo de inspiração pode aumentar… e muito. Se necessário, explore cada uma das ideias ao máximo e faça novas etapas individuais, para que cada um explore ao máximo suas melhores ideias individuais segundo o grupo e divulgue em uma nova discussão.

Team Work!

Depois da tempestade… vem a bonanza

Guarde as melhores ideias alcançadas no grupo, mas não descarte completamente as outras. Afinal, podem não ter utilidade no momento, porém podem ser úteis posteriormente.

Em seguida, defina se essas ideias serão colocadas em prática ou deverão ser mais trabalhadas. Em todo caso, se conseguir alcançar boas ideias a reunião criativa em grupo cumpriu sua missão.

Algumas dicas rápidas para o bom andamento do Brainstorm

  • Escolha dos participantes: Quanto mais diferente for a personalidade do participante em relação aos outros, melhor! Tenha um grupo com vivências diferentes e o mais variado possível. Assim, ideias diferentes surgirão de maneira mais fácil.
  • Tenha um mediador: Não adianta deixar cinco pessoas falando ao mesmo tempo e não ter algum tipo de organização. Uma das pessoas deve ser um mediador, aquele que controlará o tempo, as ideias e aquele que irá anotar tudo que for importante.
  • Estabeleça um objetivo claro: Se você quer criar o nome do seu blog, por exemplo, deixe esse como o objetivo principal, estabelecendo os temas e a proposta do projeto. Um objetivo vago fará com que a reunião também se torne vaga e sem o resultado esperado.
  • Tempo: Cada um deve ter um tempo específico para expor suas ideias. O mediador e os demais participantes devem ouvir cada um dentro do período. Estabeleça um tempo de fala individual para que não vire uma confusão com pessoas falando ao mesmo tempo.
  • É bom anotar tudo! Se possível, grave a reunião. O importante é não deixar passar em branco.

E aí, gostou das dicas? Vamos fazer um brainstorm do brainstorm? Você é livre para expor suas opiniões nos comentários!

Compartilhe por aí!
error