Desenvolvendo o senso crítico através da bagagem cultural

5 de abril de 2019 0 Por Bolha Criativa
Tempo de leitura: 2 minutos

Aqui no Bolha Criativa já fizemos um artigo sobro como ter bom gosto. Porém, a partir de agora faremos uma pequena série de posts para aprofundar melhor esse assunto tão importante para trabalhos criativos.Ter um senso crítico é fundamental e é isso que será abordado neste artigo.

O que é senso crítico?

Antes de mais nada é preciso definir a diferença entre senso comum e senso crítico.

Imagine que exista um cantor que ficou muito famoso e lançou uma única música que estourou nas rádios durante um ano inteiro. A mídia inteira exaltou o cantor em programas de TV, entrevistas e até deu prêmios. A maioria das pessoas adorou essa música e começou a seguir o cantor, defendendo-o de críticas.

Então, você, assim como outra grande parte da população não vê nada demais no cantor. Afinal, ele canta muito mal, a letra não tem sentido, o ritmo da música é ruim. Você, como apreciador de boa música, faz um comentário crítico enchendo de argumentos. E você recebe a resposta de um fã do cantor com o argumento de que “O cantor ganhou um prêmio, tá rico, quem é você na fila do pão? Faça melhor do que ele então“.

O exemplo da cantor é altamente identificável no dia atuais como o senso popular. O senso comum são ideias que se desenvolvem na sociedade e são ditas como verdades sem questionamentos. Mas pode ser aquelas verdades ditas há anos, como costumes religiosos, superstições, comportamentos e até mesmo artistas de pouco talento que a mídia insiste que são ótimos, por isso há um senso comum de que devemos aceitar isso de forma unânime.

O senso crítico, por sua vez, é a capacidade do indivíduo de questionar e analisar racionalmente tudo o que lhe for apresentado. Não é simplesmente criticar qualquer coisa por criticar, mas pensar antes, fazer uma pesquisa e buscar a própria verdade sem aceitá-la de qualquer forma como no senso comum.

Como desenvolver o senso crítico?

Podemos afirmar que as pessoas que estão sempre envolvidas no senso comum estão com a cabeça no lugar comum também. Se questionadas a dar sua própria opinião, provavelmente julgarão e concordarão com a maioria, mesmo que não tenha pensado sobre isso.

Para desenvolver o senso crítico é preciso ter uma bagagem cultural forte sobre o assunto em questão e não propriamente expor sua crítica como um fato, mas fazer algum comentário analítico sobre a situação, questionando os motivos dos resultados do senso comum, como a suposta fama e idolatria de um cantor sem talento.

Como dito no artigo da bagagem cultural, se você ficar limitado a apenas determinados conhecimentos você não terá habilidade suficiente para debatê-lo, como consequência disso é provável que sua opinião seja a mesma do senso comum.

Compartilhe suas opiniões nos comentários e não esqueça de curtir o Bolha Criativa no seu Facebook!

Compartilhe por aí!
error